16 abril 2015

Despedida


É com muita tristeza que vemos a família ficar mais pequena.
O Ílhavo e o Nordeste despediram-se no passado dia 11, em palco de Real FesTA.

Entraram caloiros, alcançaram humildade, responsabilidade, dignidade, e por fim o mérito que os fez chegar a tuno. Mérito esse que lhes permitiu ensinar e ser uma inspiração para os seus caloiros; trabalharam não só para alcançar a mestria do seu instrumento, mas também a da sua amizade.

Foram horas de ensaios, de esforço, de atuações; foram muitas memórias e recordações que para sempre ficarão nas suas histórias.



Ílhavo
Recordar-te-emos por seres o Campeão da Luta de Capas e dos Penaltis de Cerveja;
Pela tua postura enquanto estandarte e pelo teu trinar de bandolim;
Pela calma e serenidade com que contavas as tuas estórias.


Nordeste
Serás recordado como o homem que não precisa de mãos para beber um fino;
O melhor estandarte do mundo e arredores;
O eterno cómico até em situações de risco e ao mesmo tempo uma Maria Madalena desta tuna.




É com muita tristeza que os vemos partir, mas com muito carinho que recordaremos dois dos maiores amigos que já passaram pela tuna. Entraram juntos; saíram juntos. Damo-vos votos de que continuem juntos pela vida fora, não se esquecendo também desta família que vos adora.




Boa sorte, e até já!

Sem comentários: